«Querido leitor, escrevo-te da Montanha, do sítio onde medram as raízes deste blogue»

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Não é um adeus... é só um até breve!


 
Larouco, 11 de Maio de 2013
(Foto gentilmente cedida pelo amigo Mário Marinho)
 


Derivado a uma cada vez mais próxima e (muito) desejada paternidade que se vai aproximando minuto a minuto, deixarei de caminhar e consequentemente publicar as “aventuras” vividas por esses montes fora durante os próximos tempos. O blogue ficará como que em pousio, e, tal como o autor, aguardará pacientemente pelo dia em que uma vez mais partirá em busca daquele simples e fugaz momento de deslumbramento que faz com que cada saída para a montanha seja por si só única e especial. Quanto ao desejado retorno, quem sabe se lá para meados de Abril…  é que não se trata de um adeus, é só um até breve!

Pedro Durães



4 comentários:

Alberto Pereira disse...

Caro amigo,

Não irás deixar de caminhar! Vais iniciar a maior e a mais entusiasmante de todas as caminhadas!
Boa Caminhada e até breve! :)

Abraço montanheiro

Lírio disse...

Amigo Pedro!

O Alberto disse uma grande verdade, e posso mesmo confirmar-te que se trata da maior e mais entusiasmante de todas as caminhadas que irás fazer ao longo da tua vida!! Com uma grande vantagem, terás mais um montanheiro(a)a calcorrear os mesmos trilhos que tu!

Muitas felicidades para os três :)

Um grande abraço de todo o rebanho cá de casa!


Pedro Durães disse...


Olá amigos,

- Muito obrigado a todos vós pelas sinceras palavras de estímulo aquela que será certamente a maior e a mais entusiasmante caminhada da minha vida. E quem sabe se um dia os novos "rebentos" não irão também eles seguir as pisadas dos pais e sentir as mesmas emoções de uma vida que se quer casta e pura, vivida ao ar livre?
- Mais uma vez MUITO OBRIGADO, e espero ansiosamente pelo momento do reencontro com todos vós. Quanto ao local, esse já nós sabemos, algures... numa montanha perto de nós!

Um Abraço Montanheiro,
Pedro Durães

Célitos disse...

Olá companheiro Pedro, era só para te desejar as maiores felicidades neste novo trilho.

Um abraço para voces

Teixeira e Celita