«Querido leitor, escrevo-te da Montanha, do sítio onde medram as raízes deste blogue»

sábado, 16 de março de 2013

Chove...


 
Vale do Alto Homem, Gerês
 

Leiria, 6 de Novembro de 1939
Memória
Chove.
Mas, afinal, já chove há muitos anos…
O mundo dos meus pés nunca se move
Sem chuva, tristeza e desenganos…

Apesar disso,
Lembro-me perfeitamente bem
Do luminoso sol de certo dia…
Um lindo sol que doirava
Num toco que rebentava
Uma folha nascia.

(Poema da autoria de Miguel Torga, retirado da obra “Poesia Completa”)
 
 

Nenhum comentário: