«Querido leitor, escrevo-te da Montanha, do sítio onde medram as raízes deste blogue»

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Imagens Soltas I

 
Parque Natural do Alvão (25 de Outubro de 2008)
 
 
Na imagem anterior, tirada aquando das primeiras idas ao Parque Natural do Alvão, podemos observar alguns dos valores naturais característicos desta região montanhosa de Trás-os-Montes. A fotografia foi captada na zona de Lamas de Ôlo, numa área de planalto, a cerca de 1000 metros de altitude. A altitude e o efeito da continentalidade, originam o aparecimento de espécies características das montanhas altas continentais, sendo o domínio dos carvalhais de altitude, como o carvalho negral (Quercus pyrenaica) e dos vidoais de bétulas (Betula alba).
Devo salientar também a presença dos lameiros, autênticos jardins botânicos, que ilustram uma interessante e cada vez mais rara harmonia entre o Homem e a Natureza. Neles podemos encontrar plantas como a búgula piramidal (Ajuga piramidalis) ou a espadana-dos-montes (Gladiolus illyricus). No conjunto da flora destacam-se ainda espécies singulares e de grande valor botânico como a rorela (Drosera rotundifólia) e o narciso (Narcissus asturiensis).
Pedro Durães



Um comentário:

olhaquegiro disse...

Oh Pedro, muito obrigada pela dedicaçao!! Adorava ter ido convosco.Pelo que vejo nas fotos , a serra é uma delicia! Dá cá uma pena...Prometo que logo que façam outra, lá estarei. Este coraçao decidiu assustar-me mas ja ando bem melhor.Dia 29 tenho já a Marcha dos Veteranos...a ver como me vou portar!
Dá da minha parte um forte abraço a todos e podes ja pensar noutra!
Grande beijinho da vossa amiga ...Teresa