«Querido leitor, escrevo-te da Montanha, do sítio onde medram as raízes deste blogue»

sábado, 28 de abril de 2012

Serra do Barroso- “Nas Alturas do Barroso”

 10 de Março de 2012


«Carvalhelhos, 25 de Junho de 1956

Olho a serra. E diante desta natureza sem disfarces, aberta para todos os horizontes, sinto como que uma centrifugação do espírito. Ando, e parece que voo; tento localizar-me, e perco-me na indeterminação. Uma espécie de nomadismo da alma descentra-me e liberta-me das amarras mesquinhas da vida compartimentada. E compreendo de repente a força universal que impregna os gestos e as palavras destes barrosões, puros na impureza, que lavam as mãos no sangue de um semelhante e há mil anos que descobriram o cepticismo moderno, e que por isso entregam desta maneira a filha ao namorado que lha pede em casamento:
Pastora é,
Gado guardou;
Sebes saltou:
Se nalguma se picou,
Tal como está
Assim vo-la dou…»
Miguel Torga, in "Diário VIII", pág. 41



«Alturas do Barroso, 27 de Junho de 1956.

Entro nestas aldeias sagradas a tremer de vergonha. Não por mim, que venho cheio de boas intenções, mas por uma civilização de má-fé que nem ao menos lhes dá a simples protecção de as respeitar.»
Miguel Torga, in “Diário VIII”, pág. 42



Características do percurso:

. Trilho circular e homologado ("PR1.2 Atilhó-Atilhó" / "PR1.1 Atilhó-Alturas do Barroso"), percorrido exclusivamente por caminhos rurais. O percurso efectuado teve o sentido Vilarinho Seco-Atilhó-Alturas do Barroso-Vilarinho Seco, a parte final do trilho foi feita por um antigo caminho rural que liga a aldeia das Alturas do Barroso a Vilarinho Seco (não consta do percurso homologado)
. Grau de dificuldade fácil/moderado, com uma extensão de aproximadamente 12 km e desníveis pouco acentuados
. Como pontos de interesse destaco as aldeias de Vilarinho Seco e Alturas do Barroso, uma interessante simbiose entre paisagem natural e humanizada e os Cornos das Alturas do Barroso

Algumas fotografias do dia

Aldeia de Vilarinho Seco

Se estivéssemos no Verão...

Um dos vários moinhos que encontramos pelo caminho

Caminho rural de ligação Atilhó-Alturas do Barroso

Relógio de sol. Consegues descobrir a que horas esta foto foi tirada? É só olhar para o relógio


Cornos das Alturas do Barroso, vista a partir da aldeia com o mesmo nome

 
No cume dos  Cornos das Alturas do Barroso

Panorâmica da albufeira do Alto Rabagão (Pisões)

Nenhum comentário: